Você verá que a emoção começa agora...
Agora é brincar de viver!
(Guilherme Arantes)





segunda-feira, 3 de outubro de 2011

A REGATA

A REFENO é considerada a primeira regata oceânica do país. Ela foi criada em 1986 e cresceu tanto, que hoje é necessário limitar o número de participantes. A regata é organizada pelo Cabanga Iate Clube, que por sinal a faz com muito profissionalismo e receptividade.
Pra nós era tudo novidade, nossa primeira regata e a expectativa de avistar Fernando de Noronha do mar e... a bordo do nosso bravo ANDANTE.

 Tenho que adimitir, estávamos um tanto nervosos na largada, não sabíamos como funcionava, o Fer suava em bicas e eu ficava atenta aos seus comandos... foi tenso, mas... um mistura de tudo, novas emoções...rsrs.

 Na hora do "check in", os barcos passam em fila (um atrás do outro) e são chamados pelo rádio pra confirmar numero de tripulantes, nesse momento é obrigatório que todos os tripulantes estejam no convés.

 Todos recebem os aplausos do público e é emocionante.
Depois disso ficamos circulando em uma área pré determinada até que seja dado o sinal sonoro da largada... essa hora é tensa, os barcos passam muito perto uns dos outros e temos que desligar o motor... então ficamos manobrando com o vento. Tudo ok... largamos muito bem, foi espetácular... amamos! Claro, que depois que passou o sufoco... rsrsrsrs.

 Ah... o Carlos, do veleiro Maluca, me disse que se tampar o umbigo com um esparadrapo não mareia... e eu como não perco nenhuma mandinga anti-enjôo, mandei ver no esparadrapo. Acreditem fiz um ótima viagem... mas estou com a marca do esparadrapo até hoje na barriga... rsrsrsrsrsrs.

 Olha aí o Comandante uniformizado.

Foi uma velejada maravilhosa, depois de um certo tempo não avistamos muitos barcos, aí perdemos a noção de quem está atrás ou na frente, pelas nossas contas estávamos em 3º lugar, até que...
 Aparece um veleiro láááááá atras...

Era o Equador, olha o Jonas, aquele menino gente boa que comentei na postagem anterior, bem... eles estavam na nossa classe "Bico de Proa", eita... foi-se nosso 3º lugar, mas fizemos a maior festa quando eles passaram.

Estávamos felizes com o 4º lugar e lá fomos nós rumo ao melhor dos prêmios, Fernando de Noronha.

 Chegamos na madrugada e antes de cruzar a linha de chegada fomos rodeados por muitos, mas muitos golfinhos mesmo... parecem que vieram nos dar as boas vindas. Depois do aviso sonoro fomos avisados pelo rádio o horário exato da nossa chegada, 5h10.

Nós não víamos a hora de chegar e ancorar, tarefa dificil com tantos golfinhos insistindo em ficar embaixo da âncora, o Fer falava - Paula solta a âncora!!! e eu respondia - Não dá, eles não saem, tenho medo de machucar... ahahahahaha! E na verdade eu queria mesmo é que eles ficassem, eles tem um poder sobre a gente, eu acho, eu obedeci eles e não o Comandante, vixi! O Fer vai me colocar na prancha.
Chegada maravilhosa!

7 comentários:

Vani Lamberti disse...

Paula e Fernando, tô com muitas saudades de vôces.....mas quando vejo as fotos e as narrações da Paula, fico tão orgulhosa de vôces....imaginando o quanto vão ter de causos para nos contar...quero ouvir todos....Continuo aqui pedindo a DEUS para que os proteja, e traga os de volta, sãos e salvos e muiiiiiito felizes para nós....bjssss Mãe

Mauricio e Silvia disse...

Que legalllll !!!! Cadê as fotos com os golfinhos ???? Quero verrrrrrr !!!!!!! rsrsrsrsrsr

Abraços

Mauricio e Silvia

Airton Junior disse...

Muitoooo Legaalll!! huahuahuahuhaua, arrepiado de novo de ver mais esse trecho! Que bacana!

Abraços

Andrea disse...

Que delícia!!! Aproveitem mesmo!!
Bjus
Andrea e Moraes

Carlos disse...

E aí casal! vida boa heim?!? Acabei não indo para Noronha, mas a nova data já está marcada. Dia 06 de novembro devo zarpar da praia do Jacaré em Cabedelo-JP para Noronha e de lá retornaremos para Ilhabela. Fica aí nossa torcida de que a viagem de vocês seja só ALEGRIAS!!!
BONS VENTOS
Carlos

Mary Figueiredo disse...

Ohh Portugues,

vc esquceu de levar prestobarba?

Antonio disse...

Paula no outro comentario falei das tuas edições de video, mas esqueci de comentar como é gostoso de ler as narrações da viagem que tu fazes,to de olho nelas ate o fim da viagem. Bons ventos ao Andante!