Você verá que a emoção começa agora...
Agora é brincar de viver!
(Guilherme Arantes)





sexta-feira, 30 de setembro de 2011

ANDANTES COMUNICAM

A Paula ligou hoje ás 19 hs......
Pediu pra dar noticias aos amigos e seguidores; Amanhã sairão de Fernando de Noronha ás 9 hs em outra regata rumo a Natal com previsão de chegada  ás 12 hs de domingo (duração de + ou - 30 hs)..Manda dizer a todos que esta tudo bem com ela e o Fernando, estão passeando por lugares maravilhosos!!!!!!!..Em Natal ela vai atualizar o BLOG, com bastante novidades..... Em  FN, não consegue conecção com a internet....Manda bjs a todos, e pedido de boas vibrações, continuem torcendo por eles, e acompanhando-os......Até Natal.....Se DEUS quiser.....Vani (mãe da Paula)

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

ANIVERSÁRIO DE CASAMENTO - 10 ANOS

No dia 22, nosso Aniversário de Casamento (10 anos), fiz um café da manhã especial pra começar o dia comemorando.

A maluquete da Sueli, nos surpreendeu pela logo pela manhã com flores... foi uma surpresa linda. A Sueli é uma pessoa maravilhosa, faz parte da organização da REFENO, e nos acolhe no sentido real da palavra nos dando todo apoio necessário e faz isso com muito carinho.
Foi dificil não derramar umas lagriminhas, afinal quando a gente fica longe da familia, em datas como essa... acho que ficamos mais sujeitos às emoções... ou essa é apenas uma desculpa que eu arrumei pro meu "chororô"... rsrsrsrsrs. Mas resumindo, essa menina não perde nenhum detalhe e isso que faz a diferença.
Valeu Maluquete!

PRIMO EM RECIFE!

Recebi uma visita muito especial aqui em Recife, meu primo Toninho Rocha, sobrinho do meu pai, ele mora aqui e na verdade eu não o conhecia.

Na foto, eu, Toninho, Ezineyde ( esposa) e Ezilda (cunhada)
Eles vieram a bordo do Andante pra conhecer a nossa atual casa.
Valeu pessoal, adoramos a visita!

FREVO NO CABANGA!

A organização da REFENO preparou uma apresentação de Frevo, com dançarinos à caráter e com os famosos bonecos de Olinda.

Essa é a Sueli, pessoa importantíssima da organização do evento, muito simpática, atenciosa, cuida com muito carinho e profissionalismo de todos os detalhes... tudo que precisamos chamamos a coitada no canal 9 do VHF, ouvimos o dia todo os barcos e os funcionários do Cabanga falando no VHF - SUELI NA ESCUTA? Ou... SUELIIIIIII
Não resisti e caí no Frevo... rsrsrsrsrs.

terça-feira, 20 de setembro de 2011

SALVADOR - RECIFE

Depois de 24 dias em Salvador... partimos, agora só eu e o Fer, para um trecho que nunca fizemos... pois os portos que paramos até então... já conheciamos.

 Deixamos Salvador às 13h30 do dia 15 de Setembro. Valeu a nossa estada por aqui, já estava me sentindo meio baiana... voltando as raizes da familia do pai, foi bom demais!

 O menu para o primeiro dia de mar foi, costelinha de porco assada com mel e batatas douradas acompanhado de arroz à grega, que é claro... preparei antes de sair, porque como vocês já sabem passo mal... mareio mesmo. Será que isso não vai passar? Ainda tenho esperança de me acostumar.. aff!

 Olha ai... não é história de pescador, o peixe tá aí, uma Cavala de 3kg. Pegamos esse peixe logo nas primeiras horas, então... acabou a nossa pescaria por ai, porque um peixe desse tamanho e só eu o Fer pra comer... deu e sobrou. Detalhe... eu estava mareada no momento dessa foto, então só fotografei e voltei deitar passando mal... putz!

 Olha só, o Comandante fez uma super Moqueca, hummm... ficou deliciosa!
E ainda tem peixe pra fazer.

 Chegando à Recife, 68h depois da partida. As primeiras 48 horas foram pauleira, ventos que chegavam a 33kts nas rajadas, mar muito mexido, vela principal no 2º riso e 1/3 da genoa aberta, o Andante fazia de 7 a 8 kts de velocidade, era impossivel ficar dentro da cabine sem passar mal... no minimo desconfortável, mas... o ultimo dia e a ultima noite foram realmente maravilhosos, o mar alisou, o vento se manteve em 23kts e o Andante deslisava naquele mar prateado pela luz da Lua, a tripulação reestabelecida (eu principalmente), um som delicioso rolando... foi demais!

A aproximação foi perfeita... o Comandante é bem tranquilo, deu tudo certo!
No dia da nossa chegada ao Iate Clube Cabanga houve uma farta feijoada, com bebidas à vontade oferecida pela organização do evento. Também reencontramos os amigos do veleiro Allegro, Marcos e Daniel, o Augusto do veleiro Wippet e fizemos mais vários amigos.

Olha só... esse é o Faísca, cão de guarda do Veleiro Guruça Cat, do Fausto e da Guta.
Ele é baianinho, muito simpático e muito fofo... lembrei é claro, da Sophia, cachorrinha da minha mãe da mesma raça... que saudade! Vou arrumar um namoradinho velejador pra ela...rsrsrsrs.

GERALDO TOLLENS LINCK

Gente... olha só isso! Meu primo Mauricio e sua esposa Silvia, encontraram esse livro na chácara deles e do meu Tio Valter em Indaiatuba, o livro devia ser do antigo dono do imóvel.

Bem... eles resolveram nos presentear com a publicação, sabendo do nosso envolvimento com o mundo nautico. Super presente!
Logo depois a Yola, minha professora e diretora de ballet, nos deu esse outro livro do mesmo autor, sabendo que já tinhamos esse projeto de viagem. Outro super presente, afinal os dois livros são ótimos.

E olha ai... o Plâncton, o veleiro do autor do livro, Geraldo Tollens Linck, estava lá em Salvador e agora é do Rogério D'ávila, que conhecemos no Terminal Nautico da Bahia. 

Todas as viagens do autor aconteceram a bordo desse barco e tiveram inicio em 1976, quando Geraldo percorreu toda costa brasileira e depois as Antilhas em 1978. O Plâncton é um Swan 40 pés (projeto altamente conceituado e referência até hoje), contruido na Finlândia que Geraldo importou em 1973.

E agora estamos ai, dentro desse veleiro que fez história e continua fazendo, agora comandado pelo amigo Rogério.
Imaginem quantas decisões importantes, Tollens Lick tomou nessa mesa de navegação.
Olhem o detalhe da tampa do vaso ainda original.

Um comparativo com uma foto do livro e hoje... eu no mesmo lugar.
Outro comparativo com uma foto do livro, podemos ver que alguns detalhes foram mudados, mas ele preserva quase tudo original.
Vocês ja comeram Lambreta? Pois é... é meio parente da ostra, muito boa e se caldo é ainda melhor...
... se não fosse é claro, a abundância do maldito coentro... Meu Deus! O que esse nordeste todo vê nesse mato com um sabor que mistura barata com ferrugem? Bem... eu nunca comi barata, mas acho que deve ser parecido... rsrsrs

Bem, foi o Rogério que nos levou nesses botequinhos do Mercado Modelo, foi muito legal!

domingo, 18 de setembro de 2011

MORRO DE SÃO PAULO - IMPERDIVEL!


Mais emoção! Embarcamos as meninas no Andante... e lá vamos nós pra Morro de São Paulo, fica a 40 milhas de Salvador, 6h de veleiro. Pra nós tudo novo, não conhecíamos o Morro e elas também não.

Cada uma em seu respectivo banquinho para apreciar a viagem.

Acreditem... vimos mais baleias! Que sorte, a D. Cinira pode vê-las, mesmo que de longe... já a Bernadete, estava mareada, deitada lá na cabine de proa depois de ter oferecido um banquete aos peixes... rsrsrsrs... eu também estava meia boca, mas depois que a Bernadete passou mal eu melhorei, acho que fiquei preocupada com ela. Eita!

 Ah... vocês acham que qualquer "marear" vai acabar com o passeio? Pelo contrário, chegaram animadissimas e ainda prepararam essa salada deliciosa e um arroz com talinhos de rucula... hummmm.

 Ja o Fer, preparou durante a viagem um feijão gordo, com uma orelha defumada que ele comprou lá em Salvador... ele estava babando nessa orelha e queria mandar pra Ana Mara, porque ela gosta.

Pra variar... um pôr-do-sol que dispensa comentários.

 E embarca no Zé (o bote) e desmbarca do Zé, e elas estão lá firmes e fortes. Segundo a Bernadete... a minha mãe (Vani) era a unica que tinha juizo de não ter ido, porque eu e o Fernando somos doidinhos de ficar levando elas nesses lugares de bote... ahahahahaha. Adorei! Essas ai são arretadas mesmo!
E essa vai par minha mãe, olha... eu acho que andar de bote é bem mais dificil do embarcar em um avião e isso você sabe fazer muito bem...rsrsrsrs

 Igrejas!!! Elas não podiam ver uma... e la iam! Bom... muito bom, oração de mãe nunca é demais.

 Gente! Morro de São Paulo é um lugar espetacular, tem um vilarejo muito charmoso e parece uma cidadezinha cenográfica, tudo feito com muito capricho. Fica aí dica... Vale muito à pena!
Mais um lugar que eu gostaria de ficar, bem mais!


A Toca do Morcego
Quem for a Morro de São Paulo não pode deixar de conhecer a Toca do Morcego, é um bar muito louco!

Bem... tomando esse Campari, lembramos é claro... do Ricardo e do Mané, nossos companheiros na hora de tomar esse amarguinho gostoso. Imaginem vendo esse por-do-sol...

As pessoas se reunem ai nesse bar pra ver esse espetáculo da natureza, o lugar fica a 70 metros de altura e tem uma visão privilegiada, como vocês podem ver, no chão ficam espalhadas esteiras, muitas almofadas, pufs... também tem redes. É um lugar ímpar, caraca, bom demais!

 As meninas prendadas fizeram até pão a bordo... chiiique!
 Já eu com saudade da pimenta que a minha faz (aquela que tem no bar), fiz uma conserva de dedo-de-moça... só quero ver se vai ficar tão boa quanto a dela... rsrsrs.

Dia de luz, festa do Sol...

 Esse peixinho minusculo chama-se Pititinga, pra mim é filhote de Manjuba... rsrsrsrs. Estava uma delicia, crocante e bem saboroso!

Pra encerrar com chave de ouro, eu ofereço o Pôr-do-Sol e o Fer esse Luar maravilhoso à todos vocês que estão nos acompanhando e curtindo conosco essa viagem... maluca pra alguns, mas pra nós... é simplesmente VIVER!

Como disse o velejador Vilfredo Schurmann:
Você tem que tempo pra Sonhar...
Você tem que ter tempo pra Realizar seus sonhos!