Você verá que a emoção começa agora...
Agora é brincar de viver!
(Guilherme Arantes)





terça-feira, 13 de janeiro de 2009

SAINDO DE VITÓRIA

Domingo, dia 11/01, logo pela manhã verificamos o site de meteorologia, teríamos que partir, mas as condições não eram as esperadas. Pronto, fiquei apreensiva, pois não queria enfrentar aquele perrengue mais uma vez, nosso Comandante, garantiu que o vento era contra, porém não era forte, então às 10h30, partimos do Iate clube de Vitória, dessa vez havia alguém para nos dizer adeus e nos acenar do cais, era Polle, nosso amigo sueco, ... ufa, que alívio! Logo depois fomos recebendo telefonemas que nos desejavam boa viagem, minha mãe Vani (mãe é mãe mesmo!), minha Tia Binha e meu Tio Mazinho, minha cunhada Ana Mara e nosso amigão Mané, parece que eles adivinharam nosso horário de partida, valeu gente adorei, mas chorei, estava muito tensa e vocês aliviaram esse sentimento. Acho que aquele texto que postei no blog dizendo que foi triste zarpar sem ter alguém pra se despedir, teve um efeito positivo, que bom! O Mauricinho estava ansioso, se sentia bem e disposto nas primeiras horas, que ótimo. Logo no inicio já tivemos um problema com o piloto automático que parou como se estivesse cansado de trabalhar... rsrsrsrsrsr, não é de se estranhar se levarmos em conta que ele estava na Bahia. Depois percebemos que o motor não estava carregando as baterias... vixi, agora f... Desligamos o motor e os meninos foram tentar ver o que acontecia. O Mauricinho que é fuçado enfiou a cara dentro do compartimento do motor... saiu correndo de dentro da cabine para oferecer um BANQUETE aos peixes, pronto... batizado! Eu comecei a marear e desta vez colei um adesivo de escopolamina (anti-enjôo), o Ricardo e o Fernando, já se tornaram “homens do mar”, enquanto a gente passa mal eles abrem uma latinha de cerveja, preparam doses de Campari e tomam com um sorriso irritante no rosto (como diz o Betão), apesar que desta vez o Ricardo não tomou cerveja no 1º dia e o Fer ficou reclamando a falta de companhia... rsrsrsrsrsrsrsr. Mais a tarde o Fer colocou um frango com batatas no forno para o nosso jantar, eu ainda não estava 100% para executar tarefas dentro da cabine, então nosso Comandante mandou bala e atacou de cozinheiro... Ah! Uma dica, é ótimo comer batata no mar, ajuda a melhorar o enjôo.

Um comentário:

Anônimo disse...

olá pessoal
e aí Paula postou em alto mar?
a tecnologia é tudo de bom neh....
ou estão em terra já
estamos curiosos...vão parar em búzios ou búzios já é passado...estamos navegando juntos e desejando mar de brigadeiro....bjos
Gi e Carlão